17 abril 2012

SUBMISSÃO

SUBMISSÃO
Ai esta um assunto de fazer tremer os ouvidos de qualquer mulher. O tema “submissão” é tão desconhecido e tao pouco estudado que gera tremendos enganos. Antes de qualquer pré-conceito e opiniões, entendamos quem são essas duas mulheres, a virtuosa e a submissa e qual a ligação que elas possuem. A mulher virtuosa não é uma mulher que fica parada em casa, sem fazer nada. Ela não é uma mulher que espera as ordens do seu marido e não é uma mulher que so abaixa a cabeça para tudo o que seu marido diz. No livro de provérbios 31 é descrito o papel dessa mulher virtuosa. Ela trabalha fora, além de trabalhar em casa. Acorda muito cedo, pois negocia com mercadores, compra e vende terrenos, além de adquirir os melhores tecidos e las para fazer roupas para sua família, também distribui tarefas as empregadas de sua casa.
Se atentarmos para os psicólogos, terapeutas e alguns "cristãos" modernos (que interpretam a Bíblia segundo o entendimento deles) seremos CONTRA a submissão da mulher.
Se atentarmos para a Bíblia (na interpretação do Espírito Santo) seremos a FAVOR da submissão da mulher.
Conforme o dicionário da língua portuguesa, submissão significa: Ato de submeter, sujeição, obediência, docilidade. A propósito, você é uma pessoa dócil?...
Como podemos observar, submissão NÃO É SINÔNIMO e NADA TEM A VER COM escravidão, maus tratos e inferioridade; assim como ser humilde não significa ser inferior. Ou seja, submissão é BEM diferente daquilo que a maioria das pessoas do mundo pensam; sendo que, esta maioria (ajudadas sabemos por quem), querem influenciar os corações verdadeiramente piedosos, de forma a ridicularizar aqueles que defendem uma posição contrária à esta maioria infeliz. Observe os versículos abaixo



"...e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará." (Gn. 3:16-b)

"Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor. Porque o marido é a cabeça da mulher..." (Ef. 5: 22, 23)"... assim também as mulheres sejam EM TUDO sujeitas a seus maridos." (Ef. 5: 24-b)

O Senhor nos dá a bênção da submissão da mulher para termos um lar feliz; e o que muitos fazem?!... Escandalizam, tornam a bênção em maldição.
Algumas mulheres, coitadas, são tão estúpidas que não percebem que Deus, juntamente com o marido, quer o melhor para elas, bastando apenas a estas, seguirem as instruções constantes no manual (a Bíblia). A mulher quer ser amada, mas ela também precisa deixar-se ser amada. Quanto aos homens violentos, irracionais, grosseiros, infiéis, insensíveis, egoístas, tapados, tímidos... etc, cremos que estes não têm parte no plano de Deus para viver um matrimônio feliz.
Ambos, homem e mulher, servem para ajudar um ao outro, o homem, amando a mulher como ao seu próprio corpo e a mulher sendo submissa ao seu marido. Se observarmos isso com cuidado, o papel do homem é o mais difícil. Nosso corpo atua conforme nossa cabeça nos ordena, mas isso ocorre numa linguagem “escondida”, não ouvimos nossa cabeça mandar algo para nos movimentar, é um trabalho em conjunto. 
De vez em quando comemos para sermos saudaveis e todo corpo, inclusive a cabeça, poder funcionar adequadamente, enfim, o corpo com seus pés, mãos, todo ele trabalha para que fique em um estado de nutrição saudável, limpo e funcionante. Se casarmos o que está escrito em Efésios com o que está escrito em Provérbios, entenderemos que ser submissa ao marido é contribuir para o crescimento do seu marido, da sua casa, de seus filhos. É estar realizando tudo o que for necessário para edificação da sua casa (Provérbios 14:1). Um bom administrador não necessita que seja dito o que precisa ser realizado na empresa. Uma mulher virtuosa atua como um administrador do lar e da família. Ser submissa é isso.
Tatiana Sampaio



Postar um comentário

Blogger templates